Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Conteúdo

 *As notícias divulgadas nesta página são de autoria e responsabilidade dos veículos de mídia citados como fonte, respeitados todos os direitos autorais a eles conferidos.

Brasil Terminal Portuário obtém certificações ambiental e de segurança

Postado 2018/02/23

Fonte: Portos e Navios

A Brasil Terminal Portuário (BTP), maior instalação marítima de contêineres da América Latina, anunciou nesta quarta-feira (21) a obtenção das certificações ISO 9001 e 14001 nas versões 2015 e a OHSAS 18001 na versão 2007, atestando o cumprimento aos requisitos de Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional. 

A auditoria foi feita pelo órgão internacional Bureau Veritas (BVQI),  Para o diretor-presidente da BTP, Antonio Passaro, os ganhos com esses padrões internacionais adotados no terminal representam a melhoria contínua dos processos da empresa. “Os benefícios desse sistema de gestão se estendem aos nossos colaboradores, clientes e comunidade, na medida em que alcançamos um novo patamar de excelência na qualidade dos serviços prestados e, principalmente, no cuidado com o meio ambiente, a saúde e a segurança, valores que já praticamos desde a fundação da Empresa”, destacou.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Porto de Santos movimentará 306 milhões de toneladas em 2060, aponta estudo

Postado 2018/02/23

Fonte: Potos e Navios

 

O Porto de Santos deve chegar a 2060 com uma movimentação anual de 306 milhões de toneladas,um crescimento médio de 2,1% ao ano, em uma estimativa otimista. Analisando de forma realista, o total será de 260,7 milhões de toneladas, com um índice de 1,7% ao ano. E em uma visão pessimista da economia, 215 milhões de toneladas, com uma média de 1,2% ao ano de aumento. Os números integram a versão preliminar do novo Plano Mestre do Porto de Santos,obtida com exclusividade por A Tribuna e que será apresentada pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) na tarde desta quinta-feira (22), no auditório da Associação dos Despachantes Aduaneiros, no Centro, em Santos.

Este novo Plano Mestre reúne projeções, até 2060, das operações do complexo santista e identifica seus futuros gargalos logísticos, entre outros dados. Essa pesquisa apontou, por exemplo, que as cargas conteinerizadas devem ter o maior aumento de movimentação no período, 2,1% ao ano, ampliando sua participação dos atuais 35% para 40%. Já os granéis sólidos vegetais devem passar de 42% do total movimentado pelo Porto para 36%. Essa relativa redução é reflexo, principalmente, das ferrovias que serão construídas no País e que facilitarão o escoamento da produção agrícola das zonas produtoras do Centro-Oeste pelos portos do Arco Norte.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Ministro anuncia dragagem de Itaguaí

Postado 2018/02/22

Fonte: Portos e Navios

 

Na presença do presidente de República, Michel Temer, e do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, anunciou, nesta terça-feira (20/2), a priorização das obras de dragagem do Complexo de Itaguaí, no Rio de Janeiro. O comunicado foi feito durante o evento da Marinha do Brasil, que consolida mais uma importante fase do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), iniciando a integração dos quatro submarinos convencionais da Classe Riachuelo.

Em outubro passado, uma portaria foi publicada autorizando a realização de investimentos emergenciais para a dragagem do Porto de Itaguaí. Segundo Quintella, as obras irão conter o avanço do assoreamento do canal de acesso, da bacia de evolução e dos berços portuários. “A dragagem é uma prioridade do Ministério, com o apoio da Secretaria Nacional de Portos, para garantir melhorias para a movimentação de cargas”, afirmou.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Porto de Concepción de receber 1 milhão de toneladas de soja do Estado

Postado 2018/02/22

Fonte: Portos e Navios

 

O Porto de Concepción, no Paraguai, que fica a 200 quilômetros de Pedro Juan Caballero/Ponta Porã, foi reativado nesta terça-feira (20) pelo presidente paraguaio Horacio Cartes.  A expectativa do governo de Mato Grosso do Sul é a de que Pelo menos um milhão de toneladas de soja de Mato Grosso do Sul devem ser exportadas para a Argentina.

O secretário de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Marcelo Miglioli, participou do ato de reabertura do terminal portuário. “Além de ser uma excelente alternativa para o escoamento de grãos de Mato Grosso do Sul, a reativação do Porto de Concepción torna realidade mais uma meta de Governo: o desenvolvimento do Estado”, afirmou Miglioli.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

TCP inicia exportação de celulose em navios break bulk

Postado 2018/02/21

Fonte: Portos e Navios

 

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, está realizando  exportação de celulose por meio de navios break bulk, que fazem o transporte de carga não conteinerizada. A primeira operação ocorreu no início de janeiro para atender  fábrica localizada em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. 

Juarez Moraes e Silva, diretor superintendente e comercial da TCP, destaca que a movimentação da celulose nesta configuração torna a operação até 20% mais em conta para o exportador, se comparado ao valor praticado por outros portos brasileiros. “A TCP oferece ao exportador a armazenagem da carga em zona primária, diminuindo a distância do armazém até o cais. Com isso, diminuímos o número de elos improdutivos da cadeia logística envolvidos na operação de traslado da carga, o que torna a operação menos onerosa e muito mais produtiva, estabelecendo Paranaguá como uma alternativa para o mercado de celulose break bulk,  Paranaguá vem se constituindo um polo logístico de escoamento da celulose nacional¨, explica.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Antuérpia inicia parceria com o Porto do Açu

Postado 2018/02/21

Fonte: Portos e Navios

 

A Prumo Logística oficializou sua parceria com o Porto de Antuérpia Internacional (PAI), uma subsidiária do Porto de Antuérpia, o principal da Bélgica. Como parte do acordo, o complexo belga se tornou acionista do Porto do Açu (controlado pela empresa), no Litoral Norte do Rio de Janeiro, e passará a assessorar a instalação brasileira comercial e operacionalmente.

A entrada em vigor da parceria foi comunicada ao mercado na última quinta-feira. A partir dela, a PAI iniciou sua consultoria, pelo prazo de 10 anos e ao custo de US$ 7,8 milhões, e subscreveu 1,176% do capital social do porto. A companhia belga ainda indicará executivos para integrar a equipe do complexo marítimo.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Complexo de Itajaí recebe 87 navios em janeiro

Postado 2018/02/19

Fonte: Portos e Navios

 

O Porto de Itajaí registrou 87 escalas de navios em janeiro, um crescimento de 2% em relação ao mesmo mês de 2017. Do total, 23 embarcações atracaram na APM Terminals. Foram movimentadas 943.631 toneladas, das quais 152.266 na APM Terminals.

De fevereiro de 2017 a janeiro de 2018, 958 navios passaram pelo complexo portuário, movimentando 12.357.512 toneladas, com um aumento de 3% no número de escalas.

Em janeiro foram registrados 85.341 TEUs, dos quais 13.886 TEUs na APM Terminals. Na comparação da movimentação de contêineres do complexo entre o período de fevereiro de 2017 a janeiro de 2018 foram movimentados 1.113.511 TEUs, com 11.282.777 toneladas.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

APM Terminals Pecém receberá rota da Ásia a partir de abril

Postado 2018/02/19

Fonte: Portos e Navios

 

A Maersk Line e a Hamburg Süd anunciaram um novo serviço da Ásia para a Costa Oeste da América do Sul, que irá adicionar rotas diretas para a Colômbia, Caribe e Brasil ao atual portfólio dos armadores na América Latina. A linha começará as operações a partir de abril de 2018.

"O novo serviço foi concebido com foco em nossos clientes para permitir que eles continuem a crescer em seus negócios. A partir de agora, Colômbia, Caribe e Brasil, especialmente Pecém, poderão se beneficiar de conexões diretas com a Ásia, melhores tempos de trânsito com o Extremo Oriente e maior cobertura portuária”, destaca Lars Ostergaard Nielsen, presidente da Maersk Line na América Latina.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Movimentação de carga no setor portuário cresce 8,3%

Postado 2018/02/16

Fonte: Portos e Navios

 

O setor portuário brasileiro (portos públicos + terminais de uso privado) movimentou 1,086 bilhão de toneladas no ano passado. Esse valor corresponde a um crescimento de 8,3% em relação a 2016, quando foram movimentadas 1,002 bilhão de toneladas. Os dados são da Gerência de Estatística e Avaliação de Desempenho da Antaq.

Em relação ao tipo de carga, destaque para o granel sólido. Em 2017, foram 695,4 milhões de toneladas movimentadas em 2017, um incremento de 10,3%. O milho e a soja se evidenciaram, com crescimento de 71,8% e de 31,5%, respectivamente, sobre 2016.

Quanto ao granel líquido, foram 230,2 milhões de toneladas movimentadas no ano passado, o que correspondeu a um crescimento de 3,8%. Destaques para a importação de derivados de petróleo (+32%) e para a exportação de petróleo bruto (+19%). A movimentação da carga geral solta também aumentou: 54,2 milhões de toneladas, um incremento de 7,6% em relação a 2016.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »

Antaq se reúne com associações de terminais para discutir escaneamento de contêineres

Postado 2018/02/16

Fonte: Portos e Navios

 

A diretoria da Antaq se reuniu na segunda-feira (13) com representantes de associações de terminais para discutir a inspeção não invasiva (escaneamento) de contêineres. Os diretores da Agência, Adalberto Tokarski (geral) e Mário Povia, participaram da discussão. As equipes técnica e jurídica da Antaq também estiveram presentes.

A Confederação Nacional das Indústrias (CNI) encaminhou denúncia à Antaq argumentando que o preço adicional cobrado pelos operadores dos terminais portuários para o escaneamento de contêineres destinados à exportação e à importação é ilegal. A entidade ressalta que a fiscalização aduaneira é um serviço público e obrigatório e que deve estar incluída no pacote de serviços pago pelos empresários aos terminais.

Leia a matéria completa neste link.

Leia o resto desta entrada »